Notícias
Bolsonaro indica ‘amigo particular’ a cargo na Petrobras 14/01/2019

Bolsonaro indica ‘amigo particular’ a cargo na Petrobras

É o segundo caso de amigos e familiares beneficiados em cinco dias e, mais uma vez, Jair tuitou e apagou o post. Capitão Victor terá salário de R$ 50 mil.

Em um vídeo publicado na campanha eleitoral de 2016, Bolsonaro aparece pedindo votos a um “amigo particular”, Carlos Victor Guerra Nagem, o Capitão Victor, nomeado nesta sexta-feira (11) para a gerência executiva de Inteligência e Segurança Corporativa da Petrobras.

Na ocasião, Bolsonaro afirmou. “Caso vocês possam levar em consideração o nome do meu amigo particular, o capitão de Marinha Victor por ocasião das eleições agora em outubro, ficarei muito grato a vocês.”

Assista se tiver estômago:

O cargo ocupado por Nagem fica abaixo apenas da diretoria e o salário gira em torno de R$ 50 mil. Também na manhã desta sexta-feira (11), Bolsonaro publicou em sua conta to Twitter a nomeação de seu “amigo particular” com um texto em que defende o “fim da era do indicado sem capacitação técnica”, mas não explica que a “amizade particular” pode potencializar essa guinada profissional.

Minutos depois, o tuíte foi apagado, mas aqui está um print para a eternidade:

Caso parecido aconteceu nesta segunda-feira (7), o filho do vice-presidente, General Mourão, foi promovido ao cargo de assessor especial no Banco do Brasil com um salário de R$ 36 mil.

Da Redação da Agência PT de Notícias

Compartilhar com:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!